segunda-feira, 13 de agosto de 2012

FILHOS, HERANÇA DO SENHOR.



“Eis que os filhos são herança do SENHOR, e o fruto do ventre o seu galardão.”  (Sl  127. 3)

O sábio Salomão louvava ao Senhor por dádivas recedidas de Deus que são os filhos, em um salmo que mostra a segurança, prosperidade e fecundidade como dádivas exclusivas de Deus para o homem. É o que nesta semana estudaremos na lição da EBD, e o que fazer quando os filhos se tornam rebeldes e fazem escolhas erradas e causam transtornos a os pais, a família e por não dizer a sociedade como um todo.

O Salmista falando de segurança mostra-nos que o Senhor Deus é o responsável pela segurança de todos nós, inclusive de nossos filhos e que em nada adianta colocarmos a nossa preocupação e esforço físico em pró de obtermos uma maior segurança, pois se a nossa esperança e confiança não estiver depositada no Senhor, e se Deus não colocar seus exércitos ao redor de nossos filhos e propriedades inútil nós será querer fazer a nossa própria segurança, e o salmista falava isso com conhecimento de causa, pois sendo filho do Rei Davi conhecia das vitória que o seu pai e seu povo Israel haviam conquistado por pura intervenção de Deus, e se eles habitavam em uma terra larga e em segurança era por Deus os havia tirado do Egito, lhes sustentado por 40 anos de caminhada pelo deserto, feito eles passarem a pés enxutos pelo meio do Mar Vermelho e pelo leito do Rio Jordão na época de sua maior cheia, pulverizado as muralhas de Jerico bem como destruído todo os povos fortes e valentes que habitavam, naquele lugar dando por herança aquela terra aos filhos de Isael, conforme prometera a Abraão seu Pai. Quanto à prosperidade o Salomão sabia que tudo que possuía lhes fora entregue pelo Senhor Deus, desde herdar o trono de seu pai Davi, o trono naturamente seria de Absalão, porem Deus entregou a Salomão, que certo dia em encontro como Deus não lhe pediu riquezas ou mesmo a destruição de seus inimigos, mais sim sabedoria para poder guiar e comondar o grande e forte povo de Deus, Israel, pelo que Deus lhe concedeu a sabedoria necessária sendo conhecido como o mais importante dos Reis e sábios de todos os tempos além de lhes conceder riquezas a ponto de ser admirado e reconhecido pelos reis de sua época.
É dentro deste cenário que o sábio Salomão valoriza a criação de filhos e fecundidade do homem, dizendo que filhos são dádivas de Deus, e que o homem que tem muitos deles é bem aventurado, pois são como armas bem manuseadas por homens ágeis na guerra, o que dar confiança e tranquilidade enquanto o homem habitar sobre a terra. Agora será que os nossos filhos tem sido esta benção de que fala o Salomão? E se não, que fatores têm influenciado a criação de nossos rebentos, e até que ponto nós pais somos responsáveis pelo distanciamento destes dos mandamentos divino e rebeldia contra Deus e contra os próprios pais, o que fazer para criar os nossos filho nos caminhos do Senhor Deus e que agora e no futuro eles possam ser uma benção divina para nós os pais e também para a sociedade. São estas questões que estaremos abordando na próxima aula da EBD no próximo domingo. Fique atento estude a lição e nos acompanhe aqui neste espaço onde trataremos durante toda a semana deste palpitante tema. A paz do Senhor a todos. Amém!!

Referências bibliográficas:

SILVA, Eliezer de Lira e. Vencendo as Aflições da Vida. Lições Bíblicas, 3º Trim. 2012. CPAD. Rio de Janeiro.  2012.
COELHO, Alexandre e DANIEL, Silas. Vencendo as Aflições da Vida. CPAD. Rio de Janeiro. 2012.
PEARLMAN, Myer; Tradução de OLSON, N. Laurence. Conhecendo as doutrinas da Bíblia. Emprevan Editora. Rio de Janeiro. 1968.
COELHO, Alexandre. Subsídios para Vencendo as Aflições da Vida. Artigo publicado em Ensinador Cristão. Ano 13 – nº 51. CPAD. Rio de Janeiro. 2012.
RADMACHER, Earl D. O Novo Comentário Bíblico Novo Testamento. Editora Central Gospel Ltda. Rio de Janeiro. 2010.
RADMACHER, Earl D. O Novo Comentário Bíblico Antigo Testamento. Editora Central Gospel Ltda. Rio de Janeiro. 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário